Entretenimento

5 dicas de livros nacionais para você manter a leitura em dia

Os livros são um passaporte para viajar pelo mundo sem sair de casa. Não importa o gênero – romance, poesia, realidade, ficção – o que vale são as sensações que a leitura desperta. Ler estimula a criatividade, libera a imaginação, exercita a memória, contribui com o crescimento do vocabulário e o desenvolvimento da escrita. Ler faz bem à alma e melhora a qualidade de vida.

Você sabia que na última sexta, dia 23, foi comemorado o Dia Mundial do Livro? Sim, em 1995 a Unesco instituiu essa data como forma de incentivar o hábito de ler em todo mundo. E não foi um dia escolhido ao acaso. Em 23 de abril morreram dois dos mais importantes autores da literatura universal, Miguel de Cervantes e William Shakespeare.

Para comemorar a data, preparamos para você uma lista com cinco livros de autores nacionais, de diferentes gêneros, que estão entre os mais vendidos atualmente. Esperamos que você goste. Boa leitura!

Felicidade: Modos de usar

Os três filósofos brasileiros mais importantes da atualidade, Mario Sergio Cortella, Leandro Karnal e Luís Felipe Pondé discutem o significado da felicidade. O livro é o resultado de um debate entre eles, realizado em 2018, quando contaram histórias pessoais, citaram autores e filosofaram sobre as mais diversas formas de se alcançar a felicidade. A conclusão: é possível ser feliz, sim, mas não o tempo todo.

Um Dia Toparei Comigo

Paula Fábrio, vencedora do Prêmio São Paulo de Literatura, em 2013, conta nesse romance a história de uma protagonista sem trabalho fixo e fugindo do luto pela morte recente do pai, que resolve sair do país e viajar com a namorada pela Europa. Passando por Barcelona, Madri e Paris, a história nos faz refletir sobre o amor entre iguais e desiguais, e a reparação que o tempo nos oferece, para seguir adiante.

Essa gente

Ganhador do prêmio Camões de Literatura, o mais importante da língua portuguesa, Chico Buarque faz em Essa Gente mais uma incursão no mundo dos livros. O romance conta a história de um escritor, Manuel Duarte, autor de um grande bestseller que atravessa momentos de forte instabilidade emocional.  A narrativa é uma espécie de diário em que o escritor reflete sobre sua obra, o uso da linguagem e a realidade do Brasil e do Rio de Janeiro onde vive.

Pequeno Manual Antirracista

O livro escrito pela filósofa e autora Djamila Ribeiro traz dez lições breves que ensinam as origens do racismo e como combatê-lo. Nesse manifesto, Djamila fala sobre a atualidade do racismo, violência racial, cultura, desejos e afetos. Esse é um livro muito recomendado para quem quer entender melhor sobre o racismo estrutural e aprender como fazer a sua parte na luta contra o racismo.

A morte é um dia que vale a pena viver

Nestes tempos difíceis em que vivemos, o trabalho da médica Ana Claudia Quintana Arantes é reconfortante. Especializada em cuidados paliativos de doentes terminais, ela promove uma ampla discussão sobre a vida para concluir que a grande questão da morte nada mais é do que própria vida, a forma como as pessoas a aproveitam, o valor de desfrutar cada dia, de estar bem consigo mesmo e com quem nos cerca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *